2016

\\ Inserido no contexto político brasileiro da época, a PARALELA se engajou na luta contra as tensões pelas quais os campos da cultura, da educação e da arte passavam em 2016. 

Do dia 14 ao dia 17 de novembro, a PARALELA atuou como uma forma de

ARTE.CORPO.PERFOMANCE

Roda-de-conversa12.jpg

encorajar e fortalecer ações

de resistência,

a edição não contou com a mostra de trabalhos, mas com uma roda de conversa entre artistas, sendo um espaço a mais de preservação e propagação do pensamento crítico, dos debates e da livre expressão, além de uma residência artística exclusiva para os alunos do curso de Dança na UFU do componente curricular Práticas em Dança II: performances do corpo.

Elementos-03_edited.png
Roda-de-conversa1.jpg
IMG_4983_edited.jpg
IMG_4970.JPG

Essa foi a programação  da 2ª edição da PARALELA:


RESIDÊNCIA ARTÍSTICA, com Henrique Saidel;
RODA DE CONVERSA – ARTE, PERFORMANCE E POLÍTICA: AÇÕES ENGAJADAS E PRÁTICAS DESTRUTIVAS, com Henrique Saidel (Curitiba/PR), Lucas Dilan (Uberlândia/MG) e mediação de Alexandre Molina.

Roda-de-conversa14.jpg
Paralela-2016-capa.jpg